sexta-feira, 2 de abril de 2010

Barbaridade

Hoje de manhã eu estava no ônibus vindo trabalhar,e foi inevitável não escutar a conversa de uma mãe e sua filha,que deve ter no máximo 8 anos de idade.A mãe conversava alto porque acho que ela realmente queria que todos escutassem.
Fiquei espantada no como aquela criança poderia se tornar tão superficial quanto a mãe.A conversa se resumia a compras,roupas e passeios até que passamos em frente a Lagoa da Pampula e o papo mudou de rumo.A menina curiosa perguntou para mãe:"Por quê esta lagoa tem esse cheiro horrível?" a mãe logo disse:"De tanto as mães jogarem seus bebês aí dentro!Mas elas tem a razão,porque os homens de hoje só querem saber de "fazer as coisas".colocar filho no mundo e depois sair fora,o que não dá é para criar filho sozinha com tanta pobreza,dou razão aquela mãe que jogou a filha na lagoa",a menina entou triste perguntou:"Você faria isso comigo se o papai te abandonasse?" Nessa hora a mulher realmente ficou envergonhada.Qual a mãe que realmente ama seu filho,poderia fazer uma crueldade dessas?A partir do momento que colocamos uma criança no mundo,somos responsáveis por ela,e querendo ou não é nosso dever proteger estes pequeninos.Homens que só querem "fazer as coisas e ir embora",existirão sempre,e isso não é desculpa para abandonar uma criança,pior ainda,PARA MATAR UMA CRIANÇA.Antes de colocar a culpa somente naqueles "canalhas" que aparecem pelo caminho,é preciso lembrar que em um relacionamento existem 2,e muita sujeira pode ser evitada se a inteligência for usada.

Barbaridade

Nenhum comentário:

Postar um comentário