sexta-feira, 21 de maio de 2010

Coisas da vida

Está até parecendo final de novela...parece que todos os meus colegas resolveram ter filhos ao mesmo tempo!Então percebo que já não somos mais aqueles mesmos de sempre e tanta coisa mudou e é divertido descobrir isso e poder compartilhar estes momentos,por mais que agora seja diferente,criou-se uma certa "distância",não por não sermos tão bons companheiros,mas acho que isso é uma tendência natural,as pessoas costumam se afastar um pouco dependendo da fase da vida,mas é legal saber que quando nos encontramos,mesmo que casualmente temos sempre algo para falar,dividir...
Os gêmeos da Anália já vão fazer um ano semana que vem,se eu não tiver um filho rápido acho que eles nem terão tempo para brincar juntos ;).O bebê do Danilo nasce mês que vem,o da Analice ainda está na barriga,apenas 3 mesinhos,e o Derci daqui a uns 5 meses nasce também,minha Tia Cláudia que já está de 3 meses,minha vizinha Betinha que já está com 4 meses e nem sabia que estava grávida até pouco tempo atrás e por aí vai...
Estou reencontrando muitos colegas aos poucos,aqueles de tempos de escola,alguns que conheci por aí,é tão bom saber que somos lembrandos,e que um dia que você menos espera o telefone toca e é aqule amigo que você não sabia por onde andava (valeu Angelo por se lembrar de mim) ,ou entrar no ônibus e ver a Raquel,minha amiga Quelzinha,e relembrar os momentos de adolescência e finalmente saber porque ela teve de ir embora da cidade e porque voltou.
Ainda tenho muitas pessoas queridas que desejo reencontrar e realmente espero poder ter esta oportunidade me sentirei muito feliz,sem falar nas amizades virtuais,algumas fazem toda a diferença no nosso dia-a-dia,quem não gosta de receber um e-mail lindo todos os dias?!

Kramar,Hugs,Abraços pessoas especiais

Um comentário:

  1. Oi Josy! Realmente por afinidade a gente se distancia e se aproxima das pessoas, né? Assim como a gente agora está se aproximando pela conexão Brasil e Suécia, então eu acho que faz parte, e a gente só tem que cuidar pra não perder de vez o contato com pessoas queridas. :) Respondí tua pergunta sobre religiosidade no blog, mas pra garantir que vejas, vou copiar aqui também:
    Sobre religiosidade eu nunca escreví não... Mas sei que a grande maioria (uns 70%) dos suecos fazem parte da Igreja Sueca (protestante), católicos correspondem a uns 2%, islâmicos 5%... Tem muitos ateus aqui também, e mesmo os suecos que 'fazem parte' de alguma Igreja, só costuma mesmo entrar nela lá perto do natal. Eu considero a Suécia como um país bem pouco religioso, e nunca escreví sobre isso porque não tenho muitos dados nem conheco gente que realmente vá à Igreja. Falando sobre dados, esses percentuais que eu escreví são levantamentos feitos pelas próprias Igrejas, já que o governo não pode pesquisar sobre a crenca do povo (não sei se é lei ou o quê, mas eles não fazem de jeito nenhum). Ah, e ouví dizer que existe uma ou outra igreja por aqui onde acontecem missas em português, algo do tipo 1 ou 2 vezes por mês. Espero ter ajudado em alguma coisa, porque eu sei mesmo bem pouco sobre a religiosidade daqui...
    Beijos

    ResponderExcluir