quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Passeio a Ouro Preto

      Oi gente!

  O passeio a Ouro Preto foi ótimo!A Nazaré e eu aproveitamos bastante a cidade e fomos para Mariana de ônibus pois o trem só funciona no final de semana.
  Ainda me sinto cansada do passeio mas é bom fazer alguma coisa para aproveitar o tempo livre,pois quando fico em casa sem fazer nada sinto como se tivesse perdido meu tempo.Claro que é bom aproveitar o aconchego do lar,mas eu estava fazendo isso demais.
   Tirei muitas fotos mas ainda não estou conseguindo passá-las para o PC,mas vou postar algumas da vez que estive lá com o Johan.
    Foi a primeira vez que fui a Mariana,e gostei mais dela que de Ouro Preto.Tem menos ladeira,mais cor,mais limpa e mais vazia.Além disso Mariana foi a primeira cidade e também primeira capital de Minas Gerais.Foi bom conhecer o berço do estado de MG.
    Amo cidades históricas e meu próximo destino será São João Del Rey e Tiradentes,depois Diamantina e desejo conhecer as outras não tão famosas mas belas também como Congonhas,Itabirito...Desejo conhecer todo o circuito da Estrada Real,acho o passeio encantador.
    Este é o site da ER se alguém deseja fazer este passeio algum dia: http://www.estradareal.org.br/

sábado, 18 de setembro de 2010

Viver fora do Brasil

     Leio diversos blogs de brasileiros que vivem no exterior ou que planejam ir em busca de novos horizontes, seja por amor,por curiosidade,para estudar,a trabalho...Algumas pessoas se deram bem e não pretendem mais voltar para o Brasil,outras estão enfrentando dificuldades mas ainda querem permanecer,alguns gostariam de continuar mas tiveram que voltar,outros já voltaram.Li histórias de amor que deram certo e li outras que causaram muita dor.
    Acredito que algumas pessoas relatam a vida de um imigrante de maneira mais realista,outras não sei, talvez por estarem morando fora a pouco tempo,tudo ainda é muito novo e parece perfeito ou ainda não tiveram tempo de ver e sentir o lado difícil da coisa.Algumas sei lá,talvez tiveram sorte mesmo (e dinheiro) e não enfrentaram e/ou enfrentam dificuldades como a maioria.E não duvido que alguns tenham vergonha de assumir que são discriminados e que a vida não é lá esse conto de fadas,então sustentam a ilusão de que tudo é perfeito. Mas convenhamos,em qual lugar do mundo a vida pode ser perfeita?
     Mesmo não morando na Suécia,já procuro ter uma visão bem realista de como é o país.E ao contrário do que muitos dizem,o que mais me apavora não é o inverno rigoroso,com isso sei que posso me acostumar,e sim a crise econômica que o país está enfrentando.Encontrar um emprego está difícil até para os suecos, imaginem para um imigrante que nem se quer fala o idioma?Eu bem sei que o governo oferece uma ajuda de custo para as pessoas que não tem trabalho,mas poxa,quem quer deixar um emprego para viver do dinheiro do social?Eu não quero,e digo mais,se não fosse por amor,eu não deixaria o Brasil para morar na Suécia neste momento.Estamos em uma boa fase,a econômia está crescendo,alguns setores estão precisando de pessoas qualificadas para trabalhar e me atrevo a dizer que no futuro os brasileiros deixarão de fazer certos tipos de serviços por pensarem como alguns cidadãos de 1° mundo "é muito simples,não é serviço para mim"
Ao ler o jornal percebo que alguns lugares isso já está acontecendo.Em Minas Gerais,existem fábricas com máquinas paradas porque não encontram mão-de-obra,mesmo a empresa oferecendo todo o treinamento gratuito e o salário não sendo ruim,pois quem pode pagar pouco sendo tão poucos os funcionários?
    No setor de Engenharia Civil é a mesma coisa.Os bons pedreiros estão faturando com essa coisa toda, chegam a ganhar salário de mestre de obra,pois não tem que faça o serviço.Aqui no hotel onde eu trabalho, ficamos semanas procurando camareiras e uma cozinheira,e olha que aqui é pequeno,me pergunto como está a situação em hotéis maiores.
     Alguns podem até dizer:"Brasileiro é que não quer trabalhar mesmo" ou "Só quer saber de vida mansa" e "Querem ganhar dinheiro de forma desonesta"...Bem sei que realmente existem pessoas que se enquadram nessa categoria mas bem sei também que eles não são a maioria,pois estaríamos fudidos (desculpem-me pela palavra) se assim fosse.
    Conheço um casal,uma brasileira casada com um sueco,que trocaram a Suécia para morar no Brasil e o motivo "Se você e o seu namorado optarem por viverem na Suécia,vocês terão uma vida boa, confortável , mas será igual a de praticamente todos os outros suecos.Dificilmente se tornarão ricos enquanto aqui no Brasil nós conseguimos subir de classe econômica,estamos muito melhores financeiramente e é possível ficar rico no Brasil usando a cabeça",esse foi o motivo da troca.
    O Johan e eu optamos por morar na Suécia,pelo menos até o momento é isso que temos em nosso pensamento.Ficar ricos não é a nossa ambição,claro que almejamos ter uma vida confortável e principalmente segura e a questão da segurança aqui é um problema.Por duas vezes durante o tempo que o Johan esteve aqui tivemos que nos esconder de tiros o coitado ficou assustádissimo e tudo isso ocorreu em plena luz do dia.Minha prima,grávida de 4 meses foi vítima de bala perdida dentro do ônibus,graças a Deus ela está viva mas o pior poderia ter acontecido,o "alvo" foi morto mas pessoas inocentes foram feridas e poderiam ter morrido também.
    A Suécia não está livre da violência,mas o índice é bem menor por lá.Tenho até curiosidade de assistir a um noticiário sueco só para ver se é aquele banho de sangue como vejo no Brasil todos os dias.
    Um outro motivo decisivo na hora da nossa escolha,foi a Liberdade.Pelo o que pesquisei os suecos não são muito fuxiqueiros,pelo contrário, as vezes reservados e tímidos até de mais.O Johan e eu enfrentamos alguns problemas com relação a nossa liberdade,privacidade e escolhas.Para ele é super estranho como familiares,parentes,amigos,pessoas da igreja se preocupam tanto com coisas que não é da conta deles.E eu achei super estranho como os pais na Suécia deixam os filhos tão "soltos",soa como "Faça o que quiser,o problema é seu".
     Tenho muito mais a dizer,inclusive sobre os meus receios ao mudar de país,mas o post já está grande de mais,talvez vocês fiquem com preguiça de ler até o final.O assunto fica para o próximo post então.
      Desejo a todos um bom final de semana amanhã vou para Ouro Preto,conto como foi tudo quando voltar.
                                                        
                                           Abraços


    
  

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O Analfabeto político

O Analfabeto Político 


O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais. 

Bertolt Brecht

                                ***

As professoras gostavam de passar este texto na escola em época de eleição.Deixo aqui para vocês meditarem,eu gosto muito dele,simples e interessante.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Rumo a Ouro Preto

      Olá todos,como vocês estão?

      Eu até que tentei postar as fotos da Serra do Cipó mas não sei por qual razão não está funcionando,garanto que não é preguiça não,rsrs.O passeio foi ótimo,acabou indo apenas eu,min pappa,meu irmão William e meu primão Maycon.Foi super divertido e o clima cooperou bastante.Até perdidos ficamos procurando uma tal da cachoeira Mãe D'Água o que nos rendeu boas risadas mais tarde.E mesmo não sabendo nadar, aproveitei bastante a água e fui corajosa o suficiente para atravessar por cima da Cachoeira Grande,claro com uma pequena ajuda da Kenia,mas o mérito foi meu também.No ínicio do ano o Johan,a Kenia e eu tentamos atravessá-la e óbvio eu e ele não conseguimos,ficamos com medo e a cachoeira estava muito mais cheia pois era verão,dessa vez hehe,superei os meus medos.
     No domingo vou para Ouro Preto com a Nazaré,ficaremos lá uma noite e talvez vamos de trem para Mariana.Acho que esse final de semana vai ser massa.Não vejo a hora de pôr o pé na estrada :)

domingo, 12 de setembro de 2010

Outra preocupação a menos

      Vocês sabem que sou cristã?Espero que sim e quem lê meu blog as vezes sabe que uma das minhas preocupações em me mudar para a Suécia era com relação a como seria minha vida espiritual,tendo em vista que os suecos não são tão religiosos assim,apesar de muitos se dizerem cristãos ou membros mesmo não indo a igreja.
       A boa notícia é que encontrei uma igreja que é a minha cara por lá,o nome é Igreja Filadélfia de Estocolmo e tem a mesma linha de raciocínio da igreja da qual sou membra aqui no Brasil,o que me deixou super feliz.Inclusive eles possuem cultos em português,ebbba,acho que 2 vezes na semana e claro em inglês,espanhol e outras línguas.
       Este é o site caso você for se mudar para a Suécia e quer continuar sendo um servo de Deus ou caso já more na Suécia e está a procura de algum lugar para congregar:

http://www.filadelfia.nu/

domingo, 5 de setembro de 2010

Serra do Cipó,é para lá que eu vou

  Que final de semana mais preguiçoso e eu aqui trabalhando!Não vejo a hora de chegar o feriado e só espero que esse calor continue pois estou indo para a Serra do Cipó com os amigos e água de cachoeira vocês sabem né?Congelam até a alma.
      Ás vezes sinto saudades de quando eu trabalhava lá na Serra,as horas de lazer eram sempre em meio a natureza e era tão bom andar apenas uns 5 minutinhos e TIBUM...caí na água cristalina.A Serra é realmente cercada de belezas naturais e o povo de lá é uma gracinha =D
      Aqui em BH,nadar só se for em piscina,hehe e para ser sincera gosto mais de ir para o mato,acho mais divertido.Mas a coisa boa de morar na grande BH  é que estamos em uma cidade grande mas com 40 minutos de carro chegamos a paraísos naturais e até mesmo culturais como Ouro Preto e tentas outras coisas que Minas tem de bom.
      Vou ficar na casa da Kenia,uma garota queridíssima que trabalhou como lá,vamos colocar o papo em dia e aproveitar para reencontras os colegas que fiz durante 8 meses de Serra.
      Volto para casa na quarta a noite e essas são algumas fotos desse lugar que vive no meu coração:



  

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Triste

Hoje me sinto triste,espero que amanhã seja um dia melhor.
Desabafar?Sim,quero,mas deixa para outro dia.

See you