sábado, 29 de setembro de 2012

SFI

        Quero contar um pouco de como está sendo minha experiência no SFI da minha cidade. Cheguei aqui por essas bandas no dia 07 de Abril e comecei a estudar em meados de Maio, já que o meu personnumer demorou a chegar porque meu nome não estava escrito na porta. Depois de fazer um teste de nivelamento fiquei uma semana em uma classe introdutória para a professora ter certeza se eu poderia começar no nível C e assim foi.
      Tive e tenho excelente professores, que aos poucos estão me fazendo entender como essa língua funciona, e hoje depois de quase 6 meses aqui na Suécia fico feliz por entender o que as pessoas estão falando comigo.
      Vejo muitos relatos negativos de brasileiros,principalmente os que moram em cidades maiores, a respeito do SFI. São professores que só pedem os alunos para ler e traduzir o jornal, outros que vão tomar cafézinho e voltam um tempão depois, outros onde os imigrantes asilados não deixam o professor dá aula direito e fica aquela enrolação... Só sei que nessas horas fico feliz da vida por morar em uma Kommun menor onde é mais fácil colocar ordem na coisa.
     Na minha escola não vejo enrolação por parte dos imigrantes que recebem ajuda do governo não. Os que estão há mais tempo na escola normalmente são pessoas de mais idade que vem de uma país onde o alfabeto era totalmente diferente e as vezes não eram se quer alfabetizados em sua língua. Então a gente tem que entender que esses daí vão levar tempo mesmo.
     Em Hudiksvall, se não me engano, o aluno só pode estudar no SFI durante até 3 anos.Outro dia desses um que estava  na minha sala teve que sair pois já estava há tempo demais, e teria que terminar o SFI através de um curso oferecido pelo Arbetsförmedlingen. Se o imigrante falta de aula, desconta-se dinheiro, são obrigados a participar da escola de verão,se não comparecessem,desconto no dinheiro. Além de todos serem obrigados a fazer estágio quando estão no SFI C e D.
  Os alunos conversam em sueco entre si, e só falam em sua língua com o colega na sala de aula caso o mesmo não entenda de jeito nenhum o que o professor está explicando. Na minha sala tem pessoas do Irã, Afeganistão, Turquia,Eritrea,Hungria,Romênia,Espanha,Itália, Inglaterra,Estônia,Cuba, Argentina, Russia,Tailândia,Burma,Vietnã... Não tem muita panelinha, o povo se mistura e acaba dando aquele clima gostoso as aulas!
   Além de gramática,podemos escolher se queremos ter aulas de:

-Trânsito parte teórica para ajudar quem quer tirar carteira
-Saúde, como funciona os hospitais e o sistema de saúde,quem a gente deve procurar em caso de tal doença ,etc.
-Meio Ambiente e sustentabilidade
-Democracia
-Direitos e deveres
-Como ser pais na Suécia
-Escola para crianças

E agora temos alguns temas novos, mas como estou fazendo estágio 2 vezes na semana só me lembro de alguns temas:

-Morar e se sustentar na Suécia
-Trânsito, pois a demanda foi muito grande nas primeiras quatro semanas
-Gramática

 E outros que eu infelizmente não recordo... mas estamos sugerindo temas sobre o mercado de trabalho e o ensino superior na Suécia, que são assuntos de interesse da maioria dos imigrantes.
    Com esses temas, temos a oportunidade de falar muito sueco, pois alguns assuntos gera muita discussão e também entender melhor como essa sociedade funciona.
     Muitos imigrantes,principalmente muçulmanos vão aprendendo e abrindo os pensamentos que aqui você não pode obrigar os seus filhos a ter a mesma religião que seus pais, você não pode obrigá-los a se casar com as pessoas que escolherem,não pode castigar a sua mulher mesmo que ela queira rasgar o véu... (muitos no início do curso achavam isso um absurdo no final dele já estavam muito mais abertos e sabendo que isso é lei e que  podem inclusive perder a guarda dos filhos  ou em outros casos ir para a cadeia).
     Vamos entendendo o porquê é proibido bater em crianças e as suas consequências caso isso ocorra,o porquê aprender a língua e se sustentar através do seu trabalho é muito melhor e mais importante do que sobreviver da ajuda do governo, que essa deve ser oferecida apenas em caso de necessidade, o porquê da do aborto aqui ser liberado, o porquê respeitar a cultura e os costumes do país que te acolheu mesmo que você não concorde é importante, que você pode manter e praticar a sua cultura contanto que não tente impô-la aos demais...
      A minha experiência no SFI tem sido muito mais que aprender a língua, está me ensinado a história desse país, sua cultura, seus costumes,seus valores,suas leis,sua política,seu sistema e isso faz com que a minha inserção nessa sociedade meio que tão "fechada" seja mais fácil.
     Fiz a aprova para passar para o C em Agosto e em Outubro a professora disse que posso fazer a prova final. O engraçado é que a maioria dos alunos da minha sala dizem "eu também quero fazer,não quero ficar aqui muito tempo não".

    No meu próximo post quero falar sobre o Praktik que consegui através do SFI renumerado pelo Arbetsförmedlingen.




 

5 comentários:

  1. Josy nota 10 pra o SFI daí, parece ser super organizado e tem matérias super interessante, essa de educação do transito eu achei o máximo.
    Acho que as cidades menores são bem mais organizadas, to feliz por vc pois tudo está indo bem :)
    Bjkss

    ResponderExcluir
  2. Vou te falar uma coisa... O SFI a noite aqui é uma porcário! Eu tentei duas vezes e os professores não tem seriedade. Quando eu passei a fazer o SFI de tarde, era melhorzinho, mas também me trouxe muitas decepcões pela falta de compromisso dos educadores.
    Sorte a sua que em Uppsala parece bem organizado e sério!

    Bons estudos.

    ResponderExcluir
  3. que bom que tá tudo dando certo por ai, fiquei feliz em vê que vc tá conseguindo aparecer por aqui tb, e ate estágio remunerado já tem isso que é bencao, nosso Deus é mesmo fiel :)... bjs

    ResponderExcluir
  4. Que legal Josy! ... Boa sorte aí!!
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que 10, eles realmente ajudam os estrangeiros a se integrar.Isso é muito legal.O bom é que eles tb dão oportunidades de estágios remunerados.Queria que eles fizessem isso aqui com quem estivesse estudando.Achei a iniciativa super bacana.Parabéns pelo avanço nos estudos!

    Bjs

    ResponderExcluir