terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Ser casada com um sueco é

         Há muito tempo atrás eu escrevi um post sobre como é ter um namorado sueco e parece que isso foi há uma eternidade. Estamos "juntos" desde 2008 e os anos se passaram, namoro a distância, noivado e no ano que vem fazemos 3 anos de casados.
        Dar a notícia que a gente que iria se casar foi bem engraçado. Para minha família e amigos já tinha passado da hora, já para a família e os amigos do Johan foi uma surpresa tão grande que eles acharam que a gente estava brincando. "Vocês estão falando sério?" "Mas vocês ainda estão longe da casa dos 30 anos?" "Quando é isso? A gente tem que preparar tudo e tal"... As nossas famílias ficaram muito felizes só que a mineirada é mais relax enquanto para a suecada virou o evento do ano. E parece que o Johan e eu até iniciamos uma coisa pois depois da nossa notícia e do nosso casamento outros amigos dele começaram a sair do armário e falar dos planos de casamento, noivado... uns casaram mesmo, outros apenas foram morar juntos enquanto um casal de amigos compraram uma casa, foram morar juntos e já arrumaram um herdeiro que é muito fofo. rsrs.
       Aqui na Suécia é comum que os casais morem anos a fio juntos antes de tomarem a decisão de se casar. Eles chamam isso de sambo que é o nosso amigado. O irmão do meu marido mesmo mora junto com sua namorada há uns quase vinte anos, tem 3 filhos uma casa, carro mas nada de casamento por enquanto.
       Suecos tem uma vontade imensa de ver o mundo, principalmente se forem jovens como no meu caso. Normalmente eles querem viajar muitíssimo para depois pensar em ter filhos, gatos, cachorros papagaios. Assim é importante ter mais ou menos os mesmos planos para que a relação funcione melhor. O Johan e eu mesmo já temos uma lista de lugares que queremos conhecer antes dos 30 ou pelo menos antes dos futuros filhos que é a Islândia, Groenlândia, Austrália e Nova Zelândia. Nós sonhamos com a Antártica também porém essa viagem custa os olhos da cara mais os rins então esse sonho (quase) impossível fica para um futuro muito distante mas pelo menos antes dos netos!!! rsrs
       Ser casada com um sueco é saber que ajuda nas tarefas domésticas não vai faltar, eles são ensinados desde pequenos a serem independentes e que ajudar em casa não é coisa de menininha. Ser casada como um sueco é ser tratada como rainha mesmo sendo apenas um dia comum,
       É receber abraços e carinho nos dias em que a saudade invade e toma conta. É saber que ele vai assistir a Saga Crepúsculo já contando com a sua companhia parra assistir Harry Potter ou O Senhor dos Anéis.
       É receber ajuda para escovar os cachinhos no inverno mas ouvir vez ou outra que ele acha lindo seu cabelo ao natural. Faz parte também ganhar calorias extras na TPM pois chocolate em casa não vai faltar. É saber aproveitar o dia de folga juntos mas ao mesmo tempo ter um tempinho para si mesmo, para os amigos.
       Uma coisa acho que não muda nunca que é a preocupação dos suecos com o horário. Se ônibus atrasa 10 minutos eles já ficam imaginando o pior, se o ônibus atrasa lá em Belo Horizonte tem sempre uma outra desculpa que não seja uma tragédia. Para dar um passeio de bicicleta tem que ter aquela roupa com reflexo (mesmo sendo meio-dia) e o capacete. Suecos são super preocupados com a segurança e com o tempo a gente se acostuma
        Já quanto ao choque cultural, no nosso caso foi bem ameno. A combinação latina + viking deu certo e de alguma forma a equação ficou balanceada o que deixa um clima gostoso :)
     
Até mais
   

12 comentários:

  1. Parabéns para vocês!!
    Que Deus abencoe esse casamento por muitos anos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É muito interessante essa troca cultural. Ter a chance de morar no exterior é algo bastante enriquecedor. Irei iniciar minha graduação em Engenharia Ambiental e, assim que graduada, estou com planos para ir viver em Suécia, pois me parece um país a ser tido como exemplo no quesito sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, e esse é um fator ao qual considero como promordial para se ter uma boa qualidade de vida em qualquer país. Bom, espero que você esteja aproveitando ao máximo sua estadia nesse belo país, e que continue a contar as novidades no blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada pela visita! Os suecos em geral tem uma preocupação muito grande com o meio ambiente e esses valores são ensinados para as crianças desde pequenas. Boa sorte com seu curso.

      Excluir
  3. Legal o blog, curiosidades e dicas sobre a Suécia! Vou conhecer em abril. Eu ñ falo sueco, mas falo bem inglês. Dá para me virar apenas c/ o inglês né? Vi que o seguro viagem é obrigatório e eu ainda ñ contratei. Alguém me indica uma boa empresa? Bjs, Jussara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá para se virar muito bem só com o Inglês sim. Veja se é possível contratar o seguro viagem do seu cartão de crédito. Boa sorte e aproveite bem a primavera sueca.

      Bjos

      Excluir
  4. Oi Josy!
    Tanto tempo!
    E como anda o 2015?
    Bjs
    SiL
    O miau do leão

    ResponderExcluir
  5. Conhecerei a Europa este ano, mas ñ passarei pela Suécia! :/ Fica p/ outra oportunidade. Jussara, eu fechei este seguro: www.touristcard.com.br Contratei o plano EuroCard. Abç, Heleno.

    ResponderExcluir
  6. Oi Josy, queria saber se você passou por alguma situação de discriminação. Ouvi dizer que o racismo é forte na Suécia. Em que cidade vcs estão? Meu marido recebeu uma proposta de trabalho em Linkoping. Como sou negra e temos um filho de menos de 1 ano, estamos avaliando se vale a pena aceitar. Agradeço se tiver alguma informação que possa nos ajudar. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eva! Eu nunca passei por essa situação na Suécia mas existe infelizmente. Eu moro em uma cidade pequena no sul de Norrland. Viver na Suécia é uma experiência que vale muito a pena. Aprender um novo idioma e entrar em contato com outra cultura é muito bom. Boa sorte!

      Excluir
  7. Olá Josy!
    Estou devorando seu blog...rs.. e estou gostando bastante. Meu marido recebeu uma proposta de transferência da empresa que ele trabalha (empresa Sueca), e estou buscando o máximo de informações na net.
    Continue postando! Queremos saber como está seu ano de 2015! rsrs
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Olá Josy!
    Estou devorando seu blog...rsrs. Adorei ler sobre o começo da sua "aventura" na Suécia, pois estou com um misto de sentimentos já que meu marido recebeu uma proposta da empresa em que trabalha (Sueca) para se tranferir para aí. O que mais me dói e pensar em deixar meus pais pra trás.
    Mas em fim, continue postando por favor! Queremos saber como está seu ano de 2015! rs
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá adorei seu post!
    Sou apaixonada em um sueco que mora no Brasil e temos um relacionamento carnal.
    Ele disse que não quer namorar:(
    Fico muito triste!
    Ele viaja muito,me identifiquei muito com o que você falou.

    ResponderExcluir